Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Segredo revelado

Segredo revelado

30.11.12

Afectos secretos...


segredo_revelado

                                   

 

Afectos secretos...

 

A tua sensibilidade toca-me fundo,
Lá naquele cantinho onde vivem as emoções.
Abres-me a porta de um intenso novo mundo,
Despertando mil e uma novas sensações.

 

Saio de dentro da casca onde hiberno...
Abro os olhos , respiro ar puro...Sinto!
Assumo o meu lado mais suave, mais terno,
Deixo que palavras e emoções saiam do seu labirinto.

 

Na maioria das vezes , não me perguntes a razão,
É-me difícil expressar e assumir os meus sentimentos...
Forma-se um nó apertado, estrangula o que me sai do coração...
Fico calado , em vez de dizer: Gosto-te muito, em tantos momentos!!

 

Tu, ao contrário de mim, partilhas sempre os teus afectos e carinhos,
Atitude própria de quem tem um coração do tamanho do mundo,
Distribuis , sempre com um sorriso,abraços, sussurros e beijinhos,
Condensas horas em minutos , minutos em segundos...

 

O tempo voa, mas nem se dá por ele passar.
Isso é bom, não é? Quer dizer que se vivem momentos agradáveis.
Quase se esquece que há um relógio a dizer que são horas de ir nanar,
Quando olhos, alma e coração navegam entre gestos doces e palavras afáveis.

 

Nanaste bem?
Com que sonhaste?
Demoraste a adormecer , ou fui só eu?
Não sei se entraste no meu sonho...
Será que eu fiz parte do teu?

 

Perguntas tolas, eu sei que são...
Nem têm de ter uma resposta...
Não são respondidas à luz da razão...
São perguntas emocionais, perguntas de gente que se gosta.

 

..., por seres uma pessoa tão especial,
Amiga, doce, sincera, carinhosa, leal, confidente,...
Guardo-te dentro de mim, aninhada no meu coração.
Guardo-te hoje...
Guardo-te amanhã...
Guardo-te e gosto-te sempre!

 

Juntos ou afastados...Longe ou perto...
De olhos abertos ou de olhos fechados...
Não importa onde , a que horas , nem com que idade,
O que agora escrevo é um facto certo...
Estaremos sempre , e para sempre, intimamente ligados.
Chamem-lhe o nome que quiserem... é amor, é amizade!

 

 

 

 

segredo revelado: Tenho mesmo , urgentemente , de aprender a expressar mais e melhor os meus sentimentos pelas pessoas de quem tanto gosto ! Seja por defeito ou por feitio meu, não digo tantas vezes quantas essas pessoas merecem, o muito que as amo, adoro, gosto,... e a importância que cada uma dessas pessoas , cada uma à sua maneira, tem para mim.
Tenho vindo a ''despertar'' para a importância que podem assumir todas as minhas atitudes, mesmo as que me parecem insignificantes. Tem sido difícil perceber que algumas das coisas que a mim me pareciam ligeiras, coisas que nunca magoariam quem quer que fosse, assumam, para as pessoas de quem gosto, a forma de falta de entrega , de indiferença para com elas e , quiçá, chegue mesmo a colocar em causa a veracidade dos sentimentos e das palavras.

PS: poema tirado do baú dos escritos antigos.Apenas o segredo revelado , que já nem é segredo para quem de direito, foi agora escrito.

 

 

 


 

18.11.10

Saudade é amor...


segredo_revelado

 

Já passaram 2 anos...

Já passaram muitos meses , semanas e dias. Demasiados, sem ti...

Já foram choradas muitas lágrimas, tantas delas dedicadas a ti...

Já sorrimos , cantámos e tivemos bons momentos, mas faltaste sempre tu a nosso lado , para a alegria ser maior...

Já cortei o cabelo , ganhei uns brancos e perdi 7 kg . Pois é , estou a ficar velhote, mas ainda tão carente do teu colo...

Já o pai se reencontrou com os ex-colegas da tropa. Sempre o incentivaste a ir , agora foi ...

Já foram vistas e revistas muitas fotografias...

Já se passaram horas a recordar e a reviver...

Já a S. entrou para a escola. Hoje já saberia escrever a palavra avó, uma palavra que sempre soubeste honrar...

Já o J. festejou 2 vezes o aniversário. Devias vê-lo agora, está tão grande...

Já se passaram tantas coisas , boas e menos boas. Devias estar connosco e vivê-las também , mas a tua ''coisa'' má , foi tão má, que te levou de nós...

Já o mano entrou nos (40)''entas'', sempre com o péssimo hábito de roer as unhas. Não adiantou ralhares-lhe que aquilo não se fazia , não aprendeu...

Já a D. arranjou um novo emprego , depois de quase 2 anos sem conseguir trabalho...

Já a tia L. , a tua irmã mais chegada e mais parecida contigo ,nos veio visitar sempre que pode , sempre preocupada connosco e a perguntar se precisamos de alguma coisa. Está envelhecida, a vida não lhe tem sido fácil...

Já a camélia cresceu mais e está cada cada vez mais bonita. Agora sim , ias gostar de a ver...

Enfim, já se passaram imensas coisas...

Se já se passou tanta coisa assim , porque não passa a saudade que todos nós temos de ti, mãe?

 

 

 

 

 

segredo revelado: O cancro matou-te e privou-nos da tua presença fisica junto a nós , mas há uma coisa que ele nunca vai conseguir matar: o amor que sentimos e sempre sentiremos por ti.

E esta saudade que sentimos é amor. Saudade também é amor...

 

 

Mãe, saudade Mãe,

Até ao dia em que Deus,

Me deixar rever-te,

Vou ter saudades tuas,

Porque muito te amo,

Porque recordo os mimos teus,

Que me viciaram no querer-te,

E por mais que mudem as luas,

Eu grito e declamo,

O tanto que te amo,

O quanto gosto de ser teu filho.

 

Ser teu filho,

Foi alimentar-me do teu seio,

Dormir de encontra o  teu peito,

Sonhar na paz da  tua calma,

Para despertar,

Na magia do teu carinho,

Onde me sinto e creio,

Que esta separação que rejeito,

Nos tornou numa só alma,

Fundida por esta dor,

Estranha e  perfeita forma de amor.

 

Mãe, minha Mãe,

É esta a minha forma de rezar,

Até te voltar um dia a  encontrar .

                                                           

 

(in:http://passosprimeiro.tripod.com/id6.html)

 

25.10.10

No meu sonho...


segredo_revelado

 
No meu sonho , aquele sonho que sonho acordado,
És personagem principal do enredo...
Onde estou , estás lá, sempre a meu lado,
Segurando a minha mão, forte como um rochedo.

Este sonho é recorrente, acordado e a dormir,
É um sonho estranho...diferente...
Tem o condão de me fazer sorrir,
De me deixar os olhos com um brilho reluzente.

Toca-me...deixa-me sentir a tua pele!
Só assim, pele na pele, olhos nos olhos, respiração quente,
Saberei que este sonho é real,não é apenas mais um avião de papel,
Daqueles aviões que eu faço planar, mas que acabam esmagados,
Rendidos à força do destino de nascerem para serem espezinhados.

Sussurra-me palavras doces, com voz suave e terna...
De um jeito só teu...único e poético...
Desperta-me os sentidos...Acorda-me este coração que hiberna...
Fá-lo bater, palpitante e irrequieto, a um ritmo frenético.

No meu sonho , aquele sonho que sonho acordado,
És personagem principal do enredo...
Onde estou , estás lá, sempre a meu lado...
Não fujas, não te esfumes em pleno ar...
Sem ti...Oh, tu bem sabes...sem ti tenho medo!

Medo de acordar e não te ver dormir a meu lado...
Medo de adormecer e ter um pesadelo assustador...
Medo da tua ausência, nem que seja só por um bocado...
Medo! Tenho medo que me esvazies do sonho e da realidade do Amor.

 
 

segredo revelado: De há tempos para cá , tenho vindo a passar para formato electrónico parte dos escritos que se amontoam em formato papel . Este é mais um tesourinho ''deprimente'', tirado do fundo do baú .
Este poema, bonito ou feio, não sei, e, na verdade, nem importa, foi, em tempos idos, ainda no século passado,dedicado a alguém muito especial.
Os meus medos confirmaram-se...Fiquei vazio do sonho e da realidade do Amor.
Nem todos os finais, como sempre acontece no cinema, são finais felizes. C'est la vie !